Uma surpresa inusitada… Sanxian à espera

1 | Aconteceu após o concerto. Feitas as despedidas, e agradecimentos, juntei os instrumentos e apetrechos musicais do grupo, e segui viagem de volta a São Paulo. Foi quando a tela de meu mobile piscou; uma mensagem flutuante dizia “tenho uma surpresa pra você. Venha já!” A mensagem era de um dos músicos do Gaoshan, nosso Yangqin(ísta) Nelson Lin. Supostamente, havia um novo instrumento para mim, doado por um rapaz, atendente do Starbucks de Campinas, o.Sr. João! Nelson pegara o instrumento, fazendo um pouco de mistério, sem dizer do que se tratava… – Afinal que instrumento é esse? – eu disse. E ele – um baixo chinês. Venha cá pega-lo que você vai ver -. “Que coisa mais improvável”, pensei. E assim fui lá na casa dele com uma baita ansiedade. Quando chego, fico pasmo! O tal “baixo”, na verdade, era um Sanxian, instrumento tradicional com uma história cercada de enigmas.

Sanxian

2 | O Sanxian é um instrumento de três cordas estendidas sobre um braço de madeira sem trastes (ou divisões escalares), apoiadas sobre um cavalete que transmite a tensão das cordas para uma caixa ressonante feita de pele de píton. O alcance das notas é de três oitavas. Seu timbre variável vai do macio, suave, ao metalizado, possíveis, ainda, de serem executados em glissandos, o que faz deste instrumento um excelente contraparte para a voz nas canções e baladas épicas. As origens deste instrumento, no entanto são incertas. Segundo a enciclopédia Britânnica remontam ao período da dinastia Song (1217–79), tendo sido registrado em documentos durante a dinastia Ming (1368–1644). Alguns dizem ainda ter sido popularizado na Dinastia Yuan (1271-1368). Há controvérsias demais. Aceita-se como fato que ele veio a florescer durante o século XIX, no sudoeste da China, servindo às encenações teatrais e aos diversos tipos de ópera. A falta de informação sobre suas origens, em lugar de apagar o brilho histórico deste instrumento, ao contrário, vieram a fornecer-lhe um ar enigmático, um toque associado a uma longa e suposta tradição. Pouco se sabe a respeito… Seja como for, desenvolveu-se uma prática musical rica em nuances, e que explora seus diversos aspectos técnicos e expressivos.

3 | Largamente usado na ópera de Beijing e Kunqu, o Sanxian serve a propósitos diferentes tais como  acompanhar partes vocais, canções, dar suporte musical as narrativas, as contações de estórias e as performances dos atores, devido as inúmeras possibilidades e idiomáticas que ele é capaz de produzir. A multiplicidade de efeitos que é capaz de pôr em cena torna o Sanxian algo versátil na cultura musical chinesa. Porém, aquilo que o torna versátil é também o que o torna um instrumento de difícil aprendizado. Em parte isso se deve a ausência de trastes e divisões escalares que fazem de sua iniciação musical um pequeno desafio.

storytelling_art_of_northern_shaanxib6ee0c8d29760a047d7a

4 | De qualquer modo o Sanxian segue como um dos instrumentos mais interessantes e versáteis na cultura chinesa. E cá entre nós, faremos bom uso dele por aqui. Assim, nossos sinceros agradecimentos pela doação Sr. João de Campinas! Em devido tempo o Ensemble Gaoshan Liushui estreará com muito gosto o novo Sanxian, dando-lhe um lugar de honra nos arranjos das canções folclóricas que estamos a fazer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s